domingo, 20 de janeiro de 2013

Estou de volta

Já faz bastante tempo que aqui não passo, faz bastante tempo que não escrevo e até passo vários dias sem ter tempo ou vontade de vir ao computador... A vida tem destas coisas! 

Mas ao ler um livro ontem reparei na quantidade de livros que tenho lido de Maio para cá! De todos os estilos, autores, nacionalidades... Experimentar, conhecer, dar a conhecer têm sido as minhas prioridades! 

Sempre vivi rodeada de livros e a vida levou-me para mais perto deles! De diferentes maneiras, mas é a segunda vez na minha vida que trabalho com livros! E adoro trabalhar com livros, porque adoro aquilo que eles nos podem dizer, contar, ensinar! São amigos íntimos e com quem podemos sempre contar!

Resolvi então partilhar aquilo que faz parte dos meus dias: os livros! 

Não pretende ser uma critica, não pretende ser um catálogo de livros a ler. Nada disso, pretende apenas ser um registo meu daquilo que vou lendo e do que achei! 

Não posso deixar aqui todos de uma vez, por isso vou fazê-lo consoante me lembrar do que li ou consoante o que estiver a ler! 

para hoje fica aquele que estou a ler de momento, que me tem absorvido e me tem levado a viajar em muito boa companhia: Richard Parker e Pi Patel! 

"A Vida de Pi" era um livro sempre presente, um long-seller, mas por alguma razão eu ainda não o tinha lido! Mas, talvez por causa do filme, este tem sido um livro em destaque e chegou a minha vez de o ler! Eu não vi o filme, mas já ouvi bons comentários, por isso tinha curiosidade acrescida!
E que óptima surpresa foi! É empolgante, emocionante, duro, por vezes cruel e por vezes terno... Tem humor, tem sentimento e tem uma história que nos ajuda a acreditar e a ver o mundo de outra forma! Está muito bem escrito e sentimo-nos próximos dos personagens, quero voltar a encontrá-los, quero a companhia deles e quero saber o que aconteceu, mas ao mesmo tempo não quero que acabe, porque sei que vou sentir uma nostalgia quando acabar. Sei que vou querer continuar com eles por perto! E o mais interessante é que uma das personagens nem sequer é um ser humano, mas a empatia existiu desde que o conhecemos! 

É um daqueles livros que nos fazem sonhar e são livros destes que nos relembram porque é tão bom ler! 


1 comentário:

An@ disse...

Bem vinda de volta!
Já ouvi falar deste livro mas ando com a leitura em atraso... lá chegarei! Bjocas